Antuérpia inova com barcaças eléctricas

A partir de Agosto, cinco barcaças 100% eléctricas ligarão a plataforma intermodal de De Kempen, no sul da Holanda, e o porto de Antuérpia.

As cinco barcaças serão uma estreia absoluta na Europa e as primeiras de uma frota de 11, que operarão para os portos de Antuérpia, Roterdão, Amesterdão e Duisburgo, fretadas por companhias de navegação e transportadoras de contentores.

Haverá cinco barcaças de 52 metros de comprimento e 6,7 metros de largura, capazes de transportar 24 TEU e 245 toneladas de carga fraccionada, e seis barcaças de 110×11,4 metros, com capacidade para 240 TEU.

A alimentação eléctrica dos motores será assegurada por baterias colocadas no interior de contentores de 20 pés, permitindo uma autonomia de entre 15 e 35 horas de navegação, com tempos de carregamento de quatro horas. Tratando-se de contentores (um nas barcaças mais pequenas, quatro nas maiores), as baterias poderão ser facilmente substituídas, reduzindo o tempo de imobilização das barcaças.

Mais, o sistema está a ser desenvolvido para permitir a rápida adaptação de barcaças tradicionais ao sistema 100% eléctrico.

Cada barcaça custa 1,5 ou 3,5 milhões de euros. O investimento total neste projecto ascende a 55 milhões de euros, tendo recebido um co-financiamento comunitário de sete milhões de euros.

Os promotores da ideia propõem-se retirar das estradas 23 mil camiões/ano, numa primeira fase.

 

Inserir um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »