Boxlines reforça frota com o Laura S

Boxlines - Laura S

O Grupo Sousa acaba de comprar um segundo porta-contentores para a Boxlines. Sem quaisquer apoios, como fez questão de salientar, em declarações ao SHORTSEA.PT, Duarte Rodrigues, administrador do grupo madeirense.

O Laura S começou a operar no início do corrente mês, substituindo na linha da Madeira o Insular, que estava afretado à Transinsular.

“O navio foi adquirido a uma empresa alemã – a MS “HEINRICH J” Schiffahrtsgesellschaft UG (haftungsbeschrankt) &  Co. KG – em 19 de Abril. Foi-nos entregue na doca em Viana do Castelo (West Sea Estaleiros Navais) onde tinha entrado no dia 15 de Abril e onde ficou até 26 de Maio”, referiu ao TRANSPORTES & NEGÓCIOS Duarte Rodrigues.

Com 119,8 metros de comprimento e 20 metros de boca, o agora Laura S tem uma capacidade de carga nominal de 600 TEU (355 TEU carregados a 14 toneladas) e dispõe de duas gruas de 45 toneladas cada para ajudar na movimentação das cargas. Curiosamente, o navio foi construído nos Estaleiros Navais de Viana do Castelo, em 1998.

O investimento é justificado com o objectivo de “dar estabilidade ao mercado e consequentemente aos nossos clientes, independentemente das flutuações existentes nos mercados”. A partir daqui, a Boxlines opera “exclusivamente com navios próprios”. Além do Laura S, a companhia “é proprietária do Madeirense 3 que opera na linha dos Açores”, acrescentou aquele responsável.

Quanto a saber-se o montante do investimento, “nesta fase não nos parece oportuno revelar. De toda a maneira não houve qualquer tipo de incentivos, comparticipações ou co-financiamentos”.

Novos investimentos em navios não estão “neste momento” previstos. E o mesmo se diga relativamente a mudanças na oferta de serviços. No entanto, ressalva Duarte Rodrigues, “estamos sempre atentos às alterações do mercado e adaptamos a nossa oferta a essas necessidades. Com a aquisição do Laura S entendemos que estamos a melhorar a qualidade do serviço e sempre que entendermos apropriado alteraremos a nossa oferta para ir de encontro às necessidades dos nossos clientes”.

 

Inserir um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »