Carregadores portugueses aderem aos 45″

Nos últimos dez anos, o mercado nacional de contentores de 45″ ter-se-á multiplicado por quatro, estima Luís Paz da Silva, da Noatum Maritime Services.

Os contentores de 45″ têm sido decisivos para convencer os exportadores e importadores nacionais a retirarem as suas cargas da rodovia, sustenta o director comercial para a área internacional da Noatum Maritime Services, num comunicado a propósito do novo serviço directo da Samskip entre Portugal e o Reino Unido.

“Os contentores de 45 pés são especialmente competitivos face aos trailers em distâncias de até 200 km dos portos, incluindo tráfegos transfronteiriços”, sublinha Luís Paz da Silva. E daí, estima, o mercado dos contentores de 45″ em Portugal ter-se-á multiplicado por quatro nos últimos dez anos.

A Samskip anuncia um novo serviço semanal directo entre Leixões, Lisboa, Tilbury e Roterdão, com um transit time de cinco dias. O novo serviço é assegurado por um navio próprio de mil TEU de capacidade.

“As pessoas estão a dar mais atenção que nunca ao shortsea para serviços door-to-door, e este é o momento certo para lançar um serviço directo de shortsea de elevada qualidade”, justifica o responsável. “Também vemos esta rota como uma plataforma para serviços de valor acrescentado, como cross-docking e LCL”, acrescenta.

A nova oferta propõe-se responder ao aumento da procura, pelo que acresce às ligações já existentes (quatro vezes por semana para Leixões e uma vez para Lisboa), com recurso a capacidade de outros operadores.

Com o novo serviço, a Samskip estima alcançar um aumento de volumes na ordem dos 30-40%, segundo a responsável da companhia para os tráfegos da Ibéria, Lisa Westerhuis.

 

Inserir um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »