DFDS aumenta receitas e prevê mais

 

DFDS

A dinamarquesa DFDS registou em 2016 um volume de negócios de 13,8 mil milhões de coroas dinamarquesas (1 855 milhões de euros). Aquele valor é 2,4% superior ao de 2015. Mas para 2017 prevê ainda mais.

Ajustadas as alterações cambiais e excluindo receitas com sobretaxas de combustíveis, o aumento do volume d negócios em 2016 seria de 8%, sublinha a companhia.

O lucro antes de impostos teve uma subida de 48,4% no ano passado, para 1 600 milhões de coroas dinamarquesas (221 milhões de euros). O EBIT cresceu 37% em 2016 para 1 644 milhões de coroas dinamarquesas (221 milhões de euros).

O EBITDA da DFDS no ano passado foi de 2 588 milhões de coroas dinamarquesas (347,96 milhões de euros), uma subida de 27% motivada sobretudo pela divisão de transporte de mercadorias. O crescimento dos volumes de mercadorias transportadas foi de 21%, acima dos 12% registados pelo transporte de passageiros.

O conselho de administração da DFDS prevê uma distribuição de dividendos aos accionistas de oito coroas dinamarquês (1,08 euros) por acção, mais 33% do que há um ano. Além disso, serão lançadas, respectivamente a 21 de Fevereiro e 15 de Agosto, mais duas operações de recompra de acções.

Outlook de crescimento de 4%

A DFDS prevê para 2017 aumento de 4% das receitas (excluindo receitas com sobretaxas de combustíveis). O EBITDA deverá situar-se entre 2 600 e 2 800 milhões de coroas dinamarquesas (349 a 376 milhões de euros).

“Aumentámos consideravelmente o nível dos nossos ganhos em 2016. Contudo, a nossa busca de melhoria irá continuar”, referiu, citado em comunicado, o CEO da DFDS, Niels Smedegaard.

“Estamos especialmente entusiasmados com a exploração das oportunidades digitais para melhorarmos a satisfação dos clientes e a eficiência operacional”, acrescentou.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Inserir um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »