Finnlines com trimestre recorde

Finnlines

A Finnlines obteve um lucro recorde de 11,2 milhões euros no primeiro trimestre do ano. De acordo com a companhia finlandesa do grupo Grimaldi, aquele valor é 35% superior ao anterior máximo.

As receitas da companhia finlandesa totalizaram 120,9 milhões de euros, um aumento de 14,9% face ao período homólogo de 2016. No que se refere aos serviços de transporte marítimo de passageiros e mercadorias, a Finnlines teve uma receita de 116 milhões de euros nos primeiros três meses de 2017, contra 100,4 milhões de euros no ano passado. As operações portuárias atingiram 10,1 milhões de euros de vendas, o que compara com os 9,3 milhões de euros do ano anterior.

O comércio entre a Finlândia e a Alemanha foi um dos motores deste crescimento.

“Após um longo período de lento desenvolvimento económico na Europa, há sinais positivos de crescimento e, especialmente na Finlândia, o volume de produtos exportados e importados aumentou mais de 10% nos primeiros três meses”, afirma, em comunicado, o CEO da Finnlines, Emanuele Grimaldi.

Os volumes de carga transportados pela companhia finlandesa entre Janeiro e Março totalizaram aproximadamente 165 mil unidades de carga (153 mil no mesmo período de 2016), 32 mil veículos e 310 mil toneladas de carga não mensuráveis em unidades. Além disso, foram transportados cerca de 115 mil passageiros.

A Finnlines completou, no fim do ano passado, o programa de investimentos 2010-2016, no total de mil milhões de euros e orientado para a renovação da frota. O programa de investimento ambiental de 100 milhões de euros será concluído este mês.

Ampliação de navios

A companhia iniciou, entretanto, um novo programa de investimento, o Programa de Investimento em Eficiência Energética e Redução de Emissões, ao abrigo do qual serão alargados os navios ro-ro da empresa. Conforme explicado por Grimaldi, o programa de investimentos proporcionará à Finnlines maior capacidade e maior flexibilidade de carga.

Para esse efeito, no passado 31 de Março a Finnlines assinou um acordo com o estaleiro Remontowa, na Polónia, para ampliar quatro dos seus navios da série “Breeze”, com opção para dois navios adicionais. As embarcações irão ganhar 30% de capacidade (cerca de 1 000 metros lineares).

Os trabalhos arrancam em Setembro, sendo previsto que a operação demore cerca de dois meses por cada navio. Isto é, todo o programa de ampliação estará concluído em Maio de 2018.

 

 

 

Inserir um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »