Flinter suspende pagamentos

 

flinter

A Flinter, um dos maiores armadores holandeses, está na iminência de falir depois o também holandês banco ING ter fechado a “torneira” do financiamento.

O ING é financiador de nove dos 35 navios da frota da Flinter mas agora decidiu não renovar essas linhas de crédito e bloquear várias contas do armador, deixando-o sem liquidez. A suspensão dos pagamentos foi a consequência óbvia.

Face à necessidade de vender os navios, a Flinter terá proposto ao banco fazê-lo sem recurso a leilão, mas a proposta foi recusada pelo ING.

“Estamos extremamente tristes com toda esta situação. Na nossa opinião, todos perdem: o nosso pessoal em terra e nos navios, os proprietários dos navios e a Flinter, os muitos parceiros e fornecedores que apoiaram os navios nos últimos anos com melhores prazos de pagamentos, etc. Prevê-se igualmente que o banco perca milhões”, refere uma nota publicada no site da Flinter.

A companhia está, agora, a solicitar a vários credores que adiem o recebimento de outros empréstimos. “Após oito anos de luta intensa, é triste que a nossa viagem termine aqui”, refere uma nota da administração da Flinter.

Fundada em 1989, a Flinter opera uma frota de navios multipurpose em várias geografias, nomeadamente no shortsea europeu.

 

Inserir um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »