Toulon e UN Ro-Ro querem comboio até ao Norte

 

UN Ro-Ro

O porto de Toulon propõe-se investir cinco milhões de euros nas acessibilidades ferroviárias para estender ao norte de França e ao Reino Unido o serviço do operador turco UN Ro-Ro.

“A construção de um terminal ferroviário em Brégaillon representa um investimento de cinco milhões de euros. Esperamos ligar o porto ao caminho-de-ferro o mais tardar em 2018”, afirmou, o director de porto de Toulon, Jérôme Giraud, aquando da recente visita do presidente da UN Ro-Ro, Sedat Gümüsoglu.

“Efectuamos três rotações por semana desde 2015. Podemos passar a quatro escalas semanais se Toulon tiver uma ligação ferroviária a Paris, Calais e Lyon. Isso será uma vantagem em termos de carga e diminuirá o número de semi-reboques nas estradas”, afirmou Sedat Gümüsoglu.

Aos cinco milhões a aplicar na ferrovia deverão juntar-se outros seis milhões, da Câmara de Comércio e Indústria do departamento francês do Var, para o aumento da capacidade do porto.

A UN Ro-Ro pretende, a prazo, reexpedir por via-férrea cerca de metade dos 65% dos semi-reboques não acompanhados que chegam a Toulon. Cerca de 75% dos camiões TIR que partem da Turquia com destino a França são transportados por navios da UN Ro-Ro. Aquela percentagem é de 50% no Reino Unido e atinge 80% no caso de Espanha.

A UN Ro-Ro reclama o transporte de 65% das exportações turcas para a Europa a bordo das suas embarcações. Empresas como a Beko e a Renault estão entre os principais clientes. Desde 2014, a companhia conta com a concorrência da Ekol, que liga Sète a Izmir.

 

 

Inserir um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Translate »